segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Taturana lagarta que pode matar


Lonomia obliqua
     O contato com essa lagarta do gênero Lonomia pode provocar a morte de uma pessoa, motivado a alteração na coagulação do sangue, podem surgir reações alérgicas associado à urticaria, edema(inchaço) e febre.


       Essas lagartas já a algum tempo é encontrada em nossa região e nessa época o cuidado deve ser redobrado, pois já ocorreu casos de óbito, quando encontrar uma lagarta como a da foto ao lado é importante que a mesma seja recolhida e posta em um recipiente bem fechado e depois encaminhado para secretaria de saúde para identificação, as lagartas recolhidas podem ser encaminhadas para produção de soro e esse soro somente é produzido com a lagarta viva. Importante tomar muito cuidado no momento da coleta da lagarta afim de evitar contato, em caso de contato deve-se procurar atendimento médico imediatamente. 

     Geralmente essas lagartas preferem e por isso são mais encontradas em árvores como o cedro, ipê, figueira, abacateiro, pessegueiro,plátano, araticum, pereira, amexeira entre outras. Como forma de evitar o contato quando a pessoa precisa trabalhar em áreas de risco é recomendado usar roupas que protejam todo o corpo a fim de evitar o contato com a pele.

     Os sinais e sintomas mais frequentes como dor e queimação no local, que pode ser acompanhado de inchaço e vermelhidão de intensidade e duração variada, podem aparecer até três dias após o acidente, outros sintomas podem ser dor de cabeça, mal-estar geral, náuseas, vômitos, ansiedade, dores nas articulações, dores musculares e em menor frequência dor abdominal e queda de pressão arterial.

     Primeiros socorros indicados pelas secretárias de saúde são: manter a calma, procurar atendimento médico informando o fato ocorrido, evitar esforços desnecessários, não fazer torniquete ou amarras no membro atingido, lavar bem o local de contato com a lagarta, colocar compressas frias no local de contato, é contra indicato o uso de analgésicos sob risco de agravar o problema, procurar atendimento médico mesmo sem sintomas, não demorar para procurar atendimento médico.

     As pessoas podem solicitar orientação junto ao Centro de Informação Toxicológica. Plantão, pelo fone:  0800-780200, a discagem é gratuita.


Rural Atual

4 comentários:

  1. Eu tenho muito medos desse ser!

    ResponderExcluir
  2. a minha gata fico cutucando uma que esteve na porta,mas ela era totalmente preta,com os pelinho e bla bla,animais podem morrer tambem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. favor,responder o mais rapido possivel .-.

      Excluir
    2. Olá! pela discrição não era uma taturana.

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.